O boxe é normalmente associado a atividade física intensa e agressividade, por se tratar de um desporto de luta. No entanto, o boxe tem benefícios que ultrapassam a questão física.

Como são as aulas

Com inspiração na prática profissional da luta, os treinos são iniciados com um momento voltado ao aquecimento e condicionamento físico. Neste momento são realizados exercícios como polichinelos (Jumping Jacks), saltos à corda, agachamentos e mobilização articular. O momento principal é dividido em rounds, com sequências de golpes diferentes, determinadas pelo professor, alternadas com intervalos de descanso. Os movimentos são realizados, sempre, com foco na técnica e na posição de guarda ou defesa. Esses exercícios são feitos com plastrons e o professor vai corrigindo a técnica e tentando simular um combate real.

Benefícios do boxe

Os exercícios de boxe enfatizam os membros superiores (costas, peitoral, ombros, tríceps, abdómen), para aplicar variações dos movimentos técnicos (Jab, Uppercut, Gancho, Cruzado, etc). Aliás, como na prática competitiva, em aula é permitido usar apenas essa região do corpo. Pelo contrário, o Muay Thay possibilita pontapés e joelhadas.

No aspeto mental, a prática desenvolve a memória, concentração e os reflexos, uma vez que é preciso decorar a sequência de golpes. Estes estão muitas vezes associados a algum tipo de som ou reação. Além disso, o boxe é uma atividade de alta intensidade, caracterizada por manter a frequência cardíaca predominantemente elevada. Este tipo de atividade física facilita a queima calórica (até 500 kcal/h), aumenta a resistência, melhora a definição muscular e promove o ganho de força e potência. A prática também fortalece a parede abdominal e a lombar, e ajuda a corrigir possíveis desvios de postura.

 

Ricardo Baltasar

Técnico de Exercício Físico nº 5442

BTM Training Studio

Boxe – treine o corpo e a mente