Sol, calor, verão, praia, mar, desporto ao ar livre… e é aqui que queremos chegar!

Portugal tem uma costa linda, tão rica e que misturando mar e exercício físico dá uma combinação maravilhosa. Durante os meses de mais calor vemos as nossas praias invadidas para aproveitar o que melhor há nelas. Há quem vá só a banhos e há quem aproveite para fazer exercício físico e um deles é o surf.

O surf pode parecer fácil mas não é assim tão simples. Antes de se iniciar no surf é importante ter aulas para aprender o básico e evoluir a partir dai.
Os benefícios do surf são vários:

  • Promove a saúde e bem-estar;
  • À semelhança da natação, a remada no surf aumenta a resistência e melhora o sistema cardiovascular;
  • A remada solicita os músculos dos braços, costas e ombros trabalhando-os e proporcionando mais força;
  • Quando o atleta se coloca de pé e apanha a onda, o equilíbrio e agilidade que necessita e todos os movimentos que faz enquanto está na onda, faz com que trabalhe e tonifique os músculos das pernas e do abdominal;
  • O surf pode também ser um aliado ao combate na perda de peso. Em média, numa hora, pode gastar-se cerca de 200 a 400 calorias;
  • Depois de se sentir confortável e seguro na modalidade, é uma excelente forma de aliviar o stress do dia-a-dia, aproveitando o poder da natureza.

Existe ainda outro benefício do surf, que não é físico, mas cultural. Quem pratica surf acaba por ter de estudar marés, ondulações, ventos, correntes e até geografia para saber onde estão as melhores ondas. A aquisição deste conhecimento representa assim uma aprendizagem enriquecedora, que contribui também para a segurança dos praticantes. Saber nadar e conhecer bem o mar e as correntes faz parte dessa aprendizagem antes de se lançar à aventura. Porque se falamos em desfrutar da natureza, não nos podemos esquecer dessa dimensão.

Fazendo a ponte de ligação para os riscos da modalidade, lembre-se:

  • É fundamental saber nadar bem;
  • Faça um bom aquecimento antes de entrar na água para evitar lesões;
  • Leve um amigo consigo e tente não surfar sozinho;
  • Veja as condições do mar antes de entrar;
  • Hidrate-se bem. Beba água antes e depois do treino;
  • Faça refeições ligeiras antes de entrar no mar;
  • Use protector solar, mesmo nos dias em que o sol pareça envergonhado;
  • Matenha outra atividade física complementar, visto que o surf pode ser uma atividade sazonal e, sobretudo, dependente das condições climatéricas.

Por todas as condições que já vimos, não podemos dizer que este desporto seja para todos. Mas, por outro lado, também não devemos balizar idades. O surf é um desporto onde é necessária força, equilíbrio, saber nadar, entre outras condições físicas. Se sente que reúne todas essas condições físicas e motivação para começar, então vai precisar de escolher uma prancha para o seu tamanho e nível de habilidade. Não se esqueça da corda para prender o pé à prancha e parafina para não escorregar. Importante é também escolher roupa de mergulho. Depois vai precisar das próprias ondas!

Depois de entrar, é só desfrutar.

Teresa Almeida
Técnica de Exercício Físico nº11611

www.portugalemforma.com

Surf: entre nesta onda