Frutos vermelhos

Os frutos vermelhos, especialmente os membros das várias famílias como Rosaceae (morango, framboesa, amora) e Ericaceae (mirtilo), constituem uma das principais fontes de compostos bioativos, que são substâncias que contribuem para o bom funcionamento do organismo e também para a prevenção/combate às doenças. Estes frutos são muito apreciados não só devido ao seu aspeto, cor, sabor e aroma mas também devido às capacidades antioxidantes dos compostos bioativos existentes na sua composição, os quais consistem principalmente em compostos fenólicos (ácidos fenólicos, flavonoides como antocianinas, flavonóis e taninos) e ácido ascórbico (Vitamina C). Individualmente ou combinados, estes compostos são responsáveis por vários benefícios para a saúde, tais como a prevenção de doenças inflamatórias, cardiovasculares e vários tipos de cancro.

Morangos e framboesas:

Para além de serem ricos em vitamina C, estes frutos são também fontes de ácido fólico e fibra. Assim, devem fazer parte de uma alimentação saudável devido ao seu potente efeito antioxidante e anti-inflamatório. São frutos de fácil preparação e consumo, sendo facilmente integrados em lanches e snacks. Recomenda-se que sejam consumidos dentro da sua época sazonal (morangos – de abril a agosto; framboesas – de junho a setembro) para que os seus atributos nutricionais sejam mantidos.

Na tabela que se segue, apresentam-se os valores nutricionais de alguns frutos vermelhos (morangos, framboesas, mirtilos e amoras).

 

 

Equipa de Nutricionistas Jumbo

Alimentos que fazem sorrir – Frutos vermelhos