.

O tempo frio e a chuva característicos do inverno convidam-nos a ficar mais vezes em casa, aconchegados no sofá e com apetite para alguns alimentos mais reconfortantes. Normalmente, nesta época do ano, temos uma maior vontade de petiscar, levando-nos muitas vezes a optar por alimentos mais calóricos, ricos em açúcar e gordura, o que pode contribuir para o aumento de peso.
Sendo assim, temos de manter alguns hábitos e opções saudáveis no nosso dia-a-dia.

Realize lanches entre as refeições
Não pode haver a desculpa de "não tenho fome"; "tenho tanto trabalho que me esqueço de comer". Arranje estratégias para não passar intervalos muito grandes sem comer, como por exemplo um alarme no telemóvel ou um post it no ecrã do computador. Se não o fizer, é muito provável que chegue a uma altura do dia em que perde o controlo e ingere alimentos em maior quantidade ou faz opções menos saudáveis. Frutos secos com queijo fresco ou ovo cozido são boas alternativas aos lanches mais comuns, para além de serem práticos e fáceis de transportar.

Opte por alimentos quentes
É importante o consumo de água ao longo do dia. No entanto, nesta época mais fria, a água é por vezes deixada de lado. Pode sentir-se mais reconfortado(a) com chás e/ou infusões, café e/ou água morna. Mas claro, deve bebê-los sem açúcar! Inicie as suas refeições sempre com uma sopa quente de legumes, uma ótima opção para esta época e fundamental para uma alimentação saudável. Um alimento quente, aconchegante, cheio de vitaminas e minerais. Se comer uma sopa antes do prato principal ficará muito mais saciado, ingerindo menor quantidade no total da refeição.

Prefira alimentos ricos em fibra
Pão escuro, aveia, arroz/massa integral, leguminosas (feijão, grão, ervilhas, lentilhas, quinoa), sementes e vegetais são alguns exemplos dos alimentos que pode incluir no seu dia alimentar. Ajudam-nos a manter a saciedade, o que nos pode ajudar a evitar alimentos ricos em gordura e açúcar.

Consuma hortícolas
Se neste tempo frio não apetecem saladas, pode optar por legumes estufados, refugados ou cozidos. Abóbora, cenoura, curgete, chuchu ou brócolos são exemplos da imensa variedade de hortícolas que podemos incluir no nosso dia-a-dia. É importante que aumente o consumo destes alimentos, ricos em vitaminas e minerais, fundamentais a todas as funções do seu organismo. Se por vezes não acompanha as suas refeições com legumes devido ao trabalho que dá, pode optar por fazê-los no forno para ser mais fácil.

Adoce o seu dia com poucas calorias
Deixe os bolos de pastelaria, as bolachas e as sobremesas de lado. Quando lhe der aquela vontade de um "docinho", opte por fruta cozida ou assada. Já experimentou maçã, pera, marmelo assado ou mesmo dióspiro com canela?

Mexa-se!
Organize-se e pense em que dias da semana pode praticar uma atividade física a seu gosto. Não gosta de ginásio? Pode fazer uma caminhada. Não gosta de caminhada? Pode inscrever-se na natação. Não gosta de natação? Pode pegar numa bicicleta e aproveitar para dar umas voltas ao ar livre com familiares e amigos. Há sempre opções. Ou porque está frio ou a chover, muitas vezes acabamos por ficar em casa e não praticar exercício físico. Não arranje desculpas! Opte pelo ginásio ou por comprar um impermeável para poder fazer exercício físico ao ar livre. Além disso, a prática de exercício físico não só nos aquece como também nos faz sentir bem-dispostos e com energia.

Mantenha todos estes hábitos no seu dia-a-dia. São fundamentais para termos uma vida saudável e mantermos o nosso peso controlado durante estes meses mais frios. Alimente a sua saúde!

Maria Gama, Nutricionista e autora do projeto Põe-te na linha
Membro da Ordem dos Nutricionistas nº1727N

Fotografias: Rita Barreto | Still Photography

6 dicas para não aumentar de peso no inverno