Vem aí o Carnaval! Para muitos, esta época é sinónimo de férias.

A nutricionista Maria Gama, autora do blog Põe-te na linha, dá-lhe algumas dicas para que as suas férias sejam mais equilibradas.

Se vai de viagem, é importante que se organize para conseguir manter uma alimentação saudável mesmo durante esses dias. Se não o fizer, vai acabar por ir parar ao café ou ao restaurante e comprar "qualquer coisa" para comer. É garantido que esse "qualquer coisa" terá um baixo valor nutricional e não será uma das melhores escolhas alimentares! Isto porque os alimentos normalmente à venda nesse tipo de estabelecimentos têm um elevado valor calórico e são ricos em gordura e açúcar.

Acredito que, quando vamos de férias ou de viagem, se torne mais difícil resistir a tentações a que normalmente não estamos expostos. Mas mesmo assim é sempre possível fazermos escolhas acertadas! Lá porque vamos de férias, não quer dizer que tenhamos de usar justificações como "quando vou de férias não tenho acesso a alimentos saudáveis".

Primeiro, e como sempre, é preciso organização! Neste caso, penso que o mais importante é planear com antecedência. Claro que carregar marmitas, alimentos e snacks de um lado para o outro não é bem o que nos apetece fazer em tempo de férias, mas isso não pode ser usado como desculpa para não ter uma alimentação saudável nestes dias.

 

Por isso, ficam aqui algumas dicas para a sua viagem:

  • Faça as suas refeições e snacks no dia anterior à viagem. Se deixar para o próprio dia, com tanta coisa para organizar, algo vai ficar para trás. Pode levar flocos de aveia para os pequenos-almoços. Depois, no dia seguinte, basta juntar um iogurte!
  • Compre diversos lanches que sejam fáceis de transportar na mala: cenouras, frutas (de preferência, fáceis de comer, como a maçã, a pera ou a banana), frutos secos (nozes, amêndoas), fruta desidratada, bolachas de milho ou arroz (em sacos individuais); triângulo de queijo fundido, iogurtes bebíveis, ovos cozidos, latas de atum, latas de grão cozido.
  • Pense em quantas horas irá estar fora de casa e faça as contas aos lanches que serão precisos para todo o dia. Se o almoço é às 13h e o jantar apenas por volta das 21h, tem de fazer dois lanches. Mais vale levar a mais do que a menos! É sempre aconselhável levar comida a mais para uma emergência.
  • Não se esqueça da garrafa de água! Temos de estar sempre hidratados.
  • Além da alimentação, não esquecer também todos os produtos de acessório, como, por exemplo, o protetor solar.

Vai fazer praia? Pode levar sempre a sua lancheira atrás, com alimentos que lhe permitam manter uma alimentação saudável. Por exemplo:

  • Snacks: fruta; bolachas de milho / arroz; ovos cozidos; iogurtes naturais ou de aromas; palitos de cenoura ou pepino, tomate cherry, queijo fresco
  • Almoço: salada fria (massa espiral / couscous; atum ao natural; frango desfiado; peixe desfiado; ovo cozido; delícias do mar; alface, tomate, cebola, beterraba, pimento vermelho, couve coração, courgete)

 

Vai para um hotel com tudo incluído? Pode não ter acesso a todos os alimentos pretendidos, mas acredito que encontre alguns deles. Por exemplo:

  • Pode comer ovos, pão ou cereais ao pequeno-almoço. Se colocar manteiga, não coloque fiambre nem queijo e vice-versa. Além disso, ninguém o impede de levar os seus flocos de aveia consigo!
  • Às refeições principais peça a opção do menu que não inclua fritos e molhos. Se tiver batatas fritas, pode pedir para substituírem por arroz (já fiz isso bastantes vezes).
  • Peça sempre que lhe tragam legumes ou salada a acompanhar.

 

Não arranje desculpas para não conseguir, mas sim uma forma de o conseguir! De facto, o mais fácil é realmente organizar-se e andar "sempre com comida atrás". No entanto, e como é óbvio, quando estamos em férias apetece-nos sempre jantar fora e sair um bocadinho da linha, mas ninguém diz para não o fazer… Só que deve fazê-lo com conta, peso e medida ! Se comer alguma coisa de diferente ao almoço, já não deve fazer o mesmo ao jantar… Se comer um gelado à tarde, deixe a sobremesa de lado ao jantar e vá dar uma caminhada…

Além disso, não se esqueça que as férias são a melhor altura para começar a praticar exercício físico. Tempo não lhe falta! Defina um horário e vá todos os dias fazer uma caminhada.

Maria Gama, Nutricionista e autora do projeto Põe-te na linha
Membro da Ordem dos Nutricionistas nº1727N

Algumas dicas para umas férias mais saudáveis!