Quando a temperatura baixa, o vento começa a soprar um pouco mais e o céu começa a ficar mais vezes nublado do que limpo, é inevitável sentir a chegada do Outono e o desejo de comer castanhas. Este alimento clássico desta altura do ano é maioritariamente composto por água (cerca de metade da sua composição) e hidratos de carbono, por isso, embora muitas vezes seja considerada do grupo dos frutos secos, na verdade inclui-se no grupo dos cereais e tubérculos da Pirâmide e Roda dos Alimentos Mediterrânica. A castanha é isenta de glúten e tem um valor baixo de gorduras (lípidos) na sua composição. Quando cozinhada de forma simples (cozida ou assada), é um alimento bastante saciante devido ao seu teor de fibra e hidratos de carbono.

A castanha tem ainda um valor bastante significativo de vitamina C na sua composição, fornecendo metade da dose de referência, com apenas 100g. No entanto, a vitamina C é sensível ao calor, por isso deve tentar cozinhar as castanhas a baixa temperatura ou por pouco tempo, de forma conseguir obter o máximo possível desta vitamina tão importante para o seu sistema imunitário.

O potássio é o mineral mais relevante na composição da castanha, sendo muito importante para o músculo, funcionamento nervoso e crescimento celular. Por esta razão, a castanha uma opção interessante para quem pratica exercício físico intenso. Os hidratos de carbono presentes na castanha são absorvidos de forma gradual, o que a torna uma excelente opção para diabéticos em substituição de outros alimentos do mesmo grupo, como a batata branca, o arroz ou massa.

Por todos os motivos referidos, a castanha é um alimento muito interessante que nem sempre é utilizado da forma que merece, ou seja, de forma frequente e imaginativa. Assim, este outono, quando lhe apetecer castanhas, em vez de as comer assadas (como sempre), use a criatividade! Inspire-se nas nossas receitas, experimente os nossos brigadeiros de castanha e o peito de peru com esmagada de castanha!

Catarina Monteiro, Coach da Your Challenge. Formadora e Nutricionista do Nutrihome.
Membro da Ordem dos Nutricionistas nº0759N.

Alimentos que fazem sorrir – Castanha